Em Diadema, Tempestade deixa de combater pancadões

Caminhão será entregue para combate a incêndios; prefeitura vai reformular GCM e criar Rondas Cidadãs com policiamento comunitário

 

Caminhão Tempestade será entregue para combate a incêndios; prefeitura vai reformular GCM e criar Rondas Cidadãs com policiamento comunitário. Foto: Divulgação/PDA-Thiago Benedetti

 

O Caminhão Tempestade, principal ferramenta do governo do ex-prefeito Lauro Michels (PV) para combater os pancadões, deixou de ter essa finalidade. O veículo será entregue à Defesa Civil para apagar incêndios. A informação foi dada ao ABCD Jornal pelo secretário de Defesa Social, Benedito Mariano.

“O caminhão tempestade continuará na Secretaria de Defesa Social sob a coordenação da Defesa Civil para combater incêndios e salvar vidas, que é sua referência inicial já que pertence aos Bombeiros”, afirmou.

Ainda conforme notícia no site da Prefeitura o combate aos bailes funks continuarão, mas de forma diferente,  “A primeira medida contra as festas irregulares será realizada no próximo final de semana. E focará na prevenção ao invés da repressão”. que, segundo o secretário de Defesa social, Benedito Mariano, “é como enxugar gelo e não resolve o problema.”

A Romu (Rondas Ostensivas Municipais)  também será reformulada. Apesar e a prefeitura falar que vai ampliar, ela praticamente não existirá mais dentro do objetivo que foi criada. “ As Rondas da GCM vão continuar e serão ampliadas. A ronda da GCM passará a ser denominada Ronda Cidadã, modalidade de policiamento preventivo e comunitário que abrangerá toda a guarda”, esclareceu o secretário.

Segundo Benedito Mariano, A Ronda Cidadã terá mais de 80 GCMs diariamente fazendo policiamento preventivo e comunitário na cidade.

GCM

Em sua página do Facebook, o prefeito Filippi afirmou que desde sexta-feira (09/01) as redes sociais veiculam “fake news” sobre o fim da GGM na cidade. “Estão falando que eu vou acabar com a GCM, que eu vou legalizar os pancadões… Gente, vocês me conhecem. Estou no quarto mandato como prefeito de Diadema e as políticas de segurança pública que apliquei, junto com uma equipe muito capacitada, deram certo de verdade. Tanto que foram reconhecidas até na ONU. Quem espalha essas mentiras por aí está torcendo contra nossa cidade. Não se deixem envenenar”, afirmou.

Mudanças  na Corporação

No site oficial da Prefeitura de Diadema, também existe uma notícia de que  Filippi vai ampliar a presença da Guarda Municipal em toda cidade de Diadema a partir da próxima semana. Filippi prepara decreto para a criação das Rondas Ostensivas Cidadãs, modalidade de policiamento preventivo e comunitário da Guarda Civil Municipal de Diadema.

De acordo com a notícia, as Rondas Ostensivas contam com apenas com 12 integrantes. Após o decreto do prefeito, vai passar a ter 80 Guardas.

“A presença da Guarda Municipal nos bairros, nas comunidades e nas escolas foi uma das ações que fizeram efeito na diminuição da violência em Diadema no meu segundo mandato como prefeito. E vamos trazer a GCM para perto da população de novo”, disse Filippi.

Segundo a Prefeitura, o decreto faz parte de uma série de ações da Prefeitura de Diadema para diminuir a violência na cidade. Entre elas, a parceria com as polícias Civil e Militar para inibir a realização de pancadões.

 

 

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.


*