28 de setembro de 2021

Dois milhões de eleitores do ABCD voltam às urnas neste domingo

Mais visitadas

 Segundo turno envolve escolha para governador e presidente da República

 

urnas
Brasileiros voltam às urnas neste domingo para escolher presidente da República. Foto: Divulgação/TSE

Cerca 2,1 milhões de eleitores voltam às urnas neste domingo (28/10) para escolher do presidente da República e o governador de São Paulo. Nas disputas presidenciais do segundo turno estão Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT). Na corrida pelo governo do Estado estão João Doria (PSDB) e Márcio França (PSB).

Duas pesquisas foram divulgadas na noite deste sábado (27/10). O Datafolha apontou 55% para o capitão da reserva e 45% para o petista. Já no Ibope, são 54% para o presidenciável do PSL e 46% para Haddad.

No que diz repeito à disputa para governador, Doria e Márcio França estão tecnicamente empatados e disputarão voto a voto. Para se ter uma ideia, o Ibope apontou 50% para cada um. No Datafolha há 1% de diferença com vantagem para França, que busca a reeleição. Ambos os institutos afirmam que pelas pesquisas não dá para precisar quem sairá vencedor nestas eleições já que a margem de erro é de 2%.


Urnas

Neste sábado (27), véspera da votação em segundo turno, o TRE (Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo) fez a oficialização do sistema de gerenciamento das urnas eletrônicas, com emissão do espelho, mostrando a situação dos candidatos na urna. Na cerimônia, foi emitida, ainda, a zerésima, documento que comprova a inexistência de votos computados no sistema.

Esta cerimônia de oficialização serve para que se verifique publicamente que no sistema de gerenciamento não há nenhum dado colocado e nenhum voto computado”, disse o presidente do TRE-SP, Carlos Eduardo Cauduro Padin.

Além do presidente, participaram do evento juízes eleitorais, servidores do Tribunal, representante da Procuradoria Regional Eleitoral de São Paulo, advogados e integrantes da OEA (Organização dos Estados Americanos). A cerimônia foi aberta a membros de partidos políticos e aos cidadãos interessados.

Dia da votação

Neste domingo, antes do início da votação, o presidente de cada mesa receptora de votos emitirá o relatório zerésima da urna, que será assinado por ele, pelos demais mesários e fiscais dos partidos políticos e das coligações que desejarem. Será a prova de que não há votos computados para governador e presidente.

Mais publicações

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Últimas publicações