10 de agosto de 2022

Diretor de “Dois filhos de Francisco” morre durante filmagens de sua nova obra

Mais visitadas

Cineasta Breno Silveira, de 58 anos, teve um infarto fulminante enquanto gravava o longa metragem “Dona Vitória”

Zezé Di Camargo e cineasta Breno Silveira
Zezé Di Camargo prestou homenagem publicando foto ao lado do cineasta Breno Silveira. Foto: Divulgação

O cineasta Breno Silveira, de 58 anos, diretor do filme” Dois filhos de Francisco”, morreu neste sábado (14/05) enquanto fazia gravações de seu novo longa metragem “Dona Vitória”. A causa de sua morte foi um infarto fulminante. Ele estava em Vicência, interior do Pernambuco, quando tudo ocorreu.

O cineasta se formou pela École Louis Lumière, de Paris, e teve sua primeira experiência como diretor de fotografia no longa “Carlota Joaquina: Princesa do Brasil”, em 1995. Em 2000, foi diretor de fotografia do filme “Eu Tu Eles”, que foi escolhido para participar da mostra Um Certo Olhar, do Festival de Cannes. Além disso, teve sua primeira oportunidade como diretor na obra cinematográfica “Dois filhos de Francisco”. O longa metragem contou com cerca de 5 milhões de espectadores e foi o mais assistido em seu ano de estreia entre as produções brasileiras.

O cineasta deixou a esposa, Paula Fiuza, e duas filhas, Olívia e Valentina.

Velório

O corpo do cineasta Breno Silveira começou velado às 17h deste domingo (15), no Museu de Arte Moderna (MAM), no Aterro do Flamengo, em cerimônia restrita a parentes e amigos.

Homenagem de Zezé Di Camargo & Luciano

A dupla sertaneja Zezé Di Camargo & Luciano dedicaram duas músicas ao cineasta Breno Silveira. Foram elas: “É o amor “e “No dia em que eu saí de casa”.

“Tenho certeza de que ele está ouvindo a gente, queria que nesse momento não fosse a gente que cantasse. Eu queria que o Breno soubesse que o Brasil é que conhece o trabalho dele através do nosso filme, através de muitas outras obras que ele fez. Que nós cantássemos para ele essas duas canções. Queria que vocês cantassem. Eu vou deixar o piano solando e a nossa voz, assim, ecoando. Nos ajudem. É muito importante pra gente”, disseram Zezé e Luciano antes da apresentação.

Além disso, os artistas também fizeram homenagens nas redes sociais:

Zezé Di Camargo publicou: “Breno, Obrigado por tudo!! Eu tenho certeza absoluta que você também se tornou um filho de Francisco. (…) Que perda, tão prematura e dolorosa”.

Luciano também fez uma publicação. “Esse gênio hoje partiu, com imensurável tristeza, mas deixando o legado de quem fez da arte a sua forma de viver”, escreveu.

“E o que dizer e sentir quando, além desse triplo legado, vc ganha de presente divino um filme? Sim, ter o sonho do seu pai, sua história e da sua família, sob a ótica de um gênio, registrando com maestria cada fase de nossas vidas, com emoções e ações”, disse Luciano.

luciano e breno silveira
Luciano afirmou que Breno “foi um gênio”. Foto: Divulgação/Instagram

Veja a filmografia do cineasta:

1995 – Carlota Joaquina – Diretor de Fotografia

1996 – Barulhinho Bom – Uma Viagem musical – Diretor de Fotografia

1998 – La serva padrona – Diretor de Fotografia

1998 – Traição – Diretor de Fotografia

1999 – Gêmeas – Diretor de Fotografia

2000 – Bufo & Spallanzani – Diretor de Fotografia

2000 – Eu Tu Eles – Diretor de Fotografia

2003 – Casseta & Planeta: A Taça do Mundo é Nossa – Produtor Associado

2003 – O Homem do Ano – Diretor de Fotografia

2005 – 2 Filhos de Francisco – Diretor

2008 – Era uma Vez… – Diretor

2010 – Eu e Meu Guarda Chuva – Produtor de set

2012 – Gonzaga – De Pai para Filho – Diretor

2012 – À Beira do Caminho – Diretor

2017 – Entre Irmãs – Diretor

Mais publicações

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Últimas publicações