Desembargador do TJ humilha GCM após ser multado; Veja vídeo  

Eduardo Siqueira chama guarda de analfabeto e rasga multa, jogando o papel no chão, e ainda liga para o Secretário de Segurança para dar carteirada

 

 

Um homem que se identificou como o desembargador do TJ-SP (Tribunal de Justiça de São Paulo) Almeida Prado Rocha de Siqueira humilhou um GCM (Guarda Civil Municipal) de Santos, no litoral de São Paulo, após ser multado por não usar máscara. Ele caminhava pela praia neste sábado (18/07) quando foi abordado pelos agentes.

Em um vídeo que circula nas redes sociais neste domingo (19/07), o desembargador chama o guarda municipal de “analfabeto’ e ainda rasga multa e, posteriormente,  joga o papel no chão.

“Você quer que eu jogue na sua cara? Faz aí, que eu amasso e jogo na sua cara”, diz o desembargador ao ser questionado sobre a ausência da máscara.

Siqueira ainda tentar dar uma carteirada e telefona para o Secretário de Segurança Pública de Santos, Sérgio Del Bel.  “Estou aqui com um analfabeto Eu falei, vou ligar para ele (Del Bel) porque estou andando sem máscara. Estou andando nessa faixa da praia e ele está aqui fazendo uma multa. Eu expliquei e eles não conseguem entender”, disse o desembargador ao secretário.

A Prefeitura de Santos informou que, durante força-tarefa realizada neste sábado, o munícipe que aparece nas imagens foi abordado por não cumprir o decreto nº 8.944, de 23 de abril de 2020, que determina o uso obrigatório de máscara facial sob pena de multa no valor de R$ 100. Trata-se de reincidência, segundo a administração local.

A Prefeitura de Santos afirma ser veementemente contra qualquer ato de abuso de poder e, por meio do comando da GMC, dá total respaldo ao efetivo que atua na proteção do bem público e dos cidadãos de Santos.

A reportagem não localizou o desembargador para comentar o fato.

 

Desembargador do TJ humilha GCM após ser multado; Veja vídeo. Foto: Divulgação