Corpos da família encontrada morta em Sto.André são enterrados

Pai, mãe e dois filhos morreram por intoxicação devido a um vazamento do aquecedor de gás do apartamento

 

Pai, mãe e dois filhos morreram por intoxicação devido a um vazamento do aquecedor de gás do apartamento. Foto: Reprodução

 

Os corpos da família encontrada morta, neste domingo (15/07),na Vila Bstos, em Santo André, foram velados nesta segunda-feira (15/07) no Cemitério Parque Vale dos Pinheirais, em Mauá. O velório teve início às 6h, e o enterro aconteceu às 16h.

Pai, mãe e dois filhos foram localizados sem vida pela irmã de uma das vítimas. A principal hipótese da causa da morte foi a inalação de gás devido a um possível vazamento do aquecedor existente no apartamento. Não havia chaminé e as janelas estavam fechadas.

Uma medição feita pela perícia apontou que havia mais monóxido de carbono do que o tolerável . Não havia sinais de arrombamento ou violência.

O caso comoveu a cidade. Roberto Yasuhide Utima, de 46 anos, Katia Rumi Sasaki Utima, de 47 anos, Barbara Keiko Utima, de 14 anos, e Enzo Sasaki Utima, de 3 anos, tinham acabado de voltar de uma viagem à Disney, nos Estados Unidos, na sexta-feira (12/07). A perícia acredita que as mortes tenham ocorrido de sexta para sábado (13/07) devido a decomposição dos corpos.

De acordo com a Polícia, dias antes de viajarem para os EUA, a família passou mal e um passarinho morreu no apartamento. A família chegou a ir ao médico, mas não foi detectada a causa. O medico suspeitou que poderia ser  uma sinusite e liberou a família.

A mãe das crianças foi achada no box do banheiro com o chuveiro ligado, o pai estava no sofá com a criança de 3 anos deitada sobre o peito, ainda coberta, como se estivesse dormindo, enquanto a adolescente estava deitada na cama de cima de um beliche.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.


*