5 de agosto de 2021

Complexo Cultural Ruyce é inaugurado em Diadema

Mais visitadas

Complexo vai oferecer entretenimento e oficinas culturais, além de 200 vagas em atividades esportivas e de lazer e 80 colocações na formação profissional multidisciplinar para os jovens

 

complexo
Complexo vai oferecer entretenimento e oficinas culturais, além de 200 vagas em atividades esportivas e de lazer e 80 colocações na formação profissional multidisciplinar para os jovens. Foto: Divulgação/PDA-Thiago Benedetti

 

Foi com muita dança, teatro, música, apresentações de capoeira e artes marciais que nesta quarta-feira à noite (30/05), o público presente, que tomou as dependências do Complexo Cultural Ruyce, participou da entrega do quinto espaço de cultura revitalizado pela Prefeitura de Diadema. Performances da palhaça Lola Brígida, integrante do grupo “Doutores da Alegria”, chamou atenção de todos, assim como a atuação do DJ Davi e da aluna Daniele Farias, da oficina avançada de teatro do CC Serraria, que encenou trecho de uma peça.

Autoridades, secretários municipais e o prefeito Lauro Michels também prestigiaram o evento, que marca a nova fase de funcionamento do Centro Cultural Heleny Guariba, que agora, com as adequações concluídas, passa a integrar o Complexo Cultural Ruyce. O Complexo vai oferecer aos moradores da região sul do município mais entretenimento e oficinas culturais, 200 vagas em atividades esportivas e de lazer e 80 colocações na formação profissional multidisciplinar para os jovens. As ações são resultado de um trabalho conjunto das secretarias de Cultura, de Esporte e Lazer e da Fundação Florestan Fernandes.

No ato de entrega, o prefeito Lauro Michels ressaltou a necessidade de se investir mais em cultura e afirmou que as artes e o esporte transformam vidas. “Quando os adultos e as crianças têm contato com a música, a dança, o teatro e a literatura, eles conseguem pensar e viver melhor. Por isso, agradeço aos funcionários e todos aqueles que se envolveram neste projeto, porque só em oficinas culturais o espaço vai oferecer mais 200 novas vagas”, afirmou. Somando as oficinas que já estão em funcionamento, o local passa a oferecer 400 vagas em formação cultural e aumenta sua capacidade para até mil atendimentos/mês.

 

complexo
Lauro Michels ressaltou a necessidade de se investir mais em cultura e afirmou que as artes e o esporte transformam vida. Foto: Divulgação/PDA-Thiago Benedetti

 

Para a moradora do Jardim Ruyce, Djanira Graça Costa, a revitalização do espaço trouxe mais vida e beleza ao bairro e melhorias para a Sala de Ginástica. “Faço ginástica aqui há muito anos e com a reforma a nossa sala ganhou pintura e pisos novos e manutenção nas portas e janelas”, disse Va ldiana Aragão Lima,que foi ao centro cultural para acompanhar o filho, disse que gostou muito da iluminação e do colorido das paredes. “Vim prestigiar meu filho que estuda na Casa da Música e que vai se apresentar com um grupo de alunos neste evento e fiquei surpresa com o que vi. É sempre bom investir em cultura”, afirmou.

Além do Complexo Ruyce também passaram por revitalizações os centros culturais Serraria, Canhema/Casa do Hip Hop, Nova Casa da Música e CC Promissão. Segundo o secretário de Cultura, Eduardo Minas, as adequações deixam os locais mais bonitos e confortáveis, fortalecem a cultura local e ainda atraem mais frequentadores para as oficinas.

Foi um desafio concluir essa revitalização que foi realizada em parceria com outras secretarias da Prefeitura. Tudo começou depois de uma conversa que tive com dirigentes da Fundação Florestan Fernandes para trazermos cursos profissionalizantes, voltados aos jovens, para este local. Tivermos também colaboração das pastas de Serviços e Obras, Esporte e Lazer e da secretaria do Meio Ambiente, que nos ajudou como o projeto e o paisagismo. O resultado é gratificante porque tudo isso garante o acesso à cultura a todos e mais qualidade de vida”, concluiu.

As reformas trouxeram ao prédio do espaço cultural do Jardim Ruyce pintura nova, reparo em paredes e telhado, manutenção na parte elétrica e hidráulica, nova iluminação externa, troca de lâmpadas e pisos e implantação de paisagismo. Ainda foram construídas rampas de acesso e banheiro para pessoas com deficiência e realizada a troca do mobiliário.

Localizado na Rua Barão de Uruguaiana, 87, o Complexo Cultural Ruyce abre de 2ª e 6ª, das 8h às 18h; 3ª, 4ª e 5ª, das 8h às 21h, e aos sábados, das 9h às 17h.

Mais publicações

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Últimas publicações