17 de setembro de 2021

Com 600 mil vacinas aplicadas, São Bernardo diminui internações em 70%

Mais visitadas

Rede municipal de saúde conta com 537 leitos exclusivos para a Covid-19, sendo que 26% do total estão atualmente ocupados

Com 600 mil vacinas aplicadas, São Bernardo diminui internações em 70%. Foto: Divulgação

A Prefeitura de São Bernardo contabiliza nesta quinta-feira (22/07) a importante marca de 602.990 doses aplicadas da vacina contra a Covid-19. Com mais de 70% da população imunizada com pelo menos a primeira dose e 25% dos moradores com o ciclo completo de imunização –, fez com que os índices de internações em leitos destinados ao tratamento da doença despencassem na rede municipal. Entre março e julho, a taxa de ocupação dos leitos teve queda de 70%.

A rede municipal conta com 537 leitos exclusivos para a Covid-19, sendo que 26% do total estão atualmente ocupados (79 pacientes estão na enfermaria e 60 estão em Unidades de Tratamento Intensivo). No Novo Hospital Anchieta, por exemplo, já há alas completamente vazias. O equipamento foi inaugurado em abril do ano passado, em meio à necessidade de expansão rápida de leitos para tratamento da Covid-19 no município. O hospital dispõe de 100 leitos exclusivos para a pacientes da doença.

De acordo com o prefeito Orlando Morando, o mês de julho já apresenta a menor taxa de ocupação da rede hospitalar municipal, desde novembro do ano passado. “Se compararmos a março deste ano, quando a cidade teve um pico de internações, a queda é de 70%. À época, chegamos a ficar com as unidades de tratamento intensivo 100% ocupadas e taxas de 90% de ocupação em enfermarias. Os resultados são motivadores e mostram que o trabalho sério e com responsabilidade gera frutos. A celeridade da vacinação tem sido imprescindível para alcançarmos estes índices”, destacou o chefe do Executivo.

REDUÇÃO DE ÓBITOS – O número de óbitos também apresentou queda de 64% de março a julho deste ano, especialmente entre o público com mais de 65 anos – faixas etárias com 100% de cobertura vacinal no município. “Embora os números sejam favoráveis, ainda assim não podemos baixar a guarda. A pandemia não acabou, há necessidade do uso da máscara e temos que evitar aglomeração e higienizar sempre as mãos”, reforçou o secretário de Saúde, Dr. Geraldo Reple Sobrinho.

EFICIÊNCIA NA VACINAÇÃO – São Bernardo segue como a quarta cidade do Estado de São Paulo que mais vacinou sua população contra a Covid-19, atrás apenas da Capital, Campinas e Guarulhos. Até esta quinta-feira (22/07), foram aplicadas um total de 602.990 vacinas, sendo 440.273 referentes à primeira dose, 142.479 à segunda e 20.238 doses únicas.

NOVOS GRUPOS – Nesta quinta-feira (22/07), foi aberto o agendamento no site da Prefeitura (https://vacinacovid.saobernardo.sp.gov.br) para aplicação da segunda dose da vacina contra a Covid-19 no grupo de 50 a 59 anos, que foi imunizado com Coronavac em 23 e 24 de junho, e para idosos de 60 a 62 anos que tomaram a vacina de Oxford/Astrazeneca até o dia 7 de maio. Há vagas disponíveis também para os grupos de 30 a 39 anos (primeira dose), de 43 a 62 anos e de 65 a 66 anos (segunda dose), além de outros públicos remanescentes.

DOAÇÃO DE ALIMENTOS – A campanha Vacina Contra a Fome continua com a arrecadação de alimentos não perecíveis nos seis postos de vacinação contra a Covid-19. Uma ação iniciada em São Bernardo em março, por meio do Fundo de Social de Solidariedade (FSS), e que, posteriormente, foi incorporada à campanha do Governo do Estado. As doações podem ser entregues das 8h às 12h e das 13h às 17h. Até o momento, já foram arrecadadas mais de 110 toneladas de alimentos por meio da ação.

 

Mais publicações

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Últimas publicações