Cai forro do Centro de Especialidades de Sto.André inaugurado há 3 meses

Prefeitura diz que problema foi provocado pelas fortes chuvas que caíram no fim de semana, mas afirma que atendimento não foi prejudicado

 

forro
Parte do forro de gesso de uma sala no centro de especialidades II cai por conta da chuva do fim de semana. Foto: Divulgação/Redes Sociais

Inaugurado em 22 de novembro do ano passado, parte do forro de gesso de uma sala do Centro Médico de Especialidades da rua Xavier de Toledo caiu no fim de semana. A Prefeitura informou que foi por conta das fortes chuvas do fim de semana.

A unidade estava fechada, portanto não houve nenhuma vítima no local. Apenas este forro foi danificado, não havendo maiores danos. Nesta segunda-feira (18/02), o atendimento ocorreu com normalidade”, informou a administração do prefeito Paulo Serra (PSDB).

Ao ser questionado qual o valor do prejuízo, a Prefeitura afirmou que ainda avalia. “A manutenção de qualquer equipamento locado pela Secretaria de Saúde, por contrato, é de responsabilidade do locador, no caso, da Prefeitura. Os custos já estão sendo levantados para que seja realizada a manutenção o mais rápido possível”, informou.

Esse prédio que fica na Rua Xavier de Toledo é alugado e custa mensalmente aos cofres públicos R$ 8 mil. O imóvel, inaugurado em novembro, servia anteriormente como setor administrativo da Prefeitura. O município não desembolsou verba para a reforma do local, mas o proprietário do prédio fez investimentos de aproximadamente R$ 500 mil para a adequação da área, conforme informações da administração na época da entrega do equipamento.

Histórico

Esse Centro de Especialidades atende por mês 7 mil pessoas e oferece consultas em dermatologia, otorrinolaringologia, endocrinologia, pneumologia e gastroenterologia adulto e infantil. Os atendimentos exclusivos pediátricos são em hematologia, nefrologia, neurologia, nutrologia e reumatologia. A unidade ainda conta com prova de função pulmonar, eletrocardiograma e dispensação de medicamentos.

 

forro
Parte do forro de uma sala desabou, mas não houve vítimas porque o local estava fechado. Foto: Divulgação/Redes Sociais