8 de dezembro de 2021

Cabo Ângelo vota contra Paulo Freire ser Patrono da Educação de Diadema

Mais visitadas

Proposta de autoria do presidente da Câmara recebeu 19 votos favoráveis e apenas um contrário

 

Cabo Ângelo vota contra Paulo Freire ser Patrono da Educação de Diadema. Foto: Divulgação

Os vereadores de Diadema aprovaram nesta quinta-feira (25/03)   um projeto de autoria do Vereador Josa Queiroz (PT), atual presidente da Câmara, que declara o educador Paulo Freire como Patrono da Educação em Diadema. A proposta teve 19 votos favoráveis e apenas um contrário, do vereador Cabo Ângelo (PV).

Cabo Ângelo disse que votou contra por não acreditar que Paulo Freire seja um exemplo a ponto de ser alçado à status de Patrono da Educação de Diadema. Ele acrescentou que no livro “Pedagogia do Oprimido” Freire “rasga elogios” a Fidel Castro, Che Guevara, Mao Tsé-Tung, Lenin. “Com isso, ignora o sangue de inocentes derramado por essas personalidades que foram responsáveis por “genocídios covardes”, justificou.

Mais publicações

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Últimas publicações