15 de junho de 2021

Bruno Covas tem quadro clínico irreversível, diz boletim médico

Mais visitadas

Com câncer, prefeito de São Paulo está internado no hospital Sírio-Libanês desde o dia 2 de maio

Bruno Covas (PSDB) e o filho Thomas, de 15 anos, no hospital Sírio Libanês na terça-feira da semana passada. Foto: Divulgação

O estado de saúde do prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), de 40 anos, piorou nesta sexta-feira (14/05) e o quadro é irreversível. A informação consta do último boletim médico.

O chefe do Executivo da Capital Paulista está internado desde o dia 2 de maio no Hospital Sírio-Libanês, para tratamento do câncer no sistema digestivo com metástase nos ossos e no fígado.

“O Prefeito Bruno Covas segue internado no Hospital Sírio-Libanês recebendo medicamentos analgésicos e sedativos. O quadro clínico é considerado irreversível pela equipe médica. Neste momento, encontra-se no quarto acompanhado de seus familiares”, informou o boletim divulgado na noite desta sexta.

No último domingo (09/05), Bruno Covas (PSDB), fez postagens em redes sociais   em homenagem ao Dia das Mães. O político também publicou que seu otimismo com relação à luta contra o câncer.

“Feliz dia das mães, em especial para a minha, Renata Covas Lopes, e para mãe do meu filho, Karen Ichiba. Vamos todos celebrar essa data tão especial, mas sem esquecer de manter os cuidados com o uso de máscara, álcool em gel e mantendo o distanciamento social”, afirmou o prefeito.

Na ocasião, Bruno mostrou-se otimista quanto ao seu tratamento. “Continuo a lutar aqui no hospital. Sem baixar a cabeça e sem perder minha motivação. Muita força, foco e Fé. E espero logo estar junto de vocês para agradecer por todo carinho”, postou o chefe do Executivo.

O tucano teve de ser internado após apresentar um sangramento no último domingo (02/05). A equipe médica chegou a intubá-lo por algumas horas. Posteriormente, o prefeito da capital  foi submetido a um tratamento local com radioterapia para controlar a hemorragia.

Bruno Covas descobriu em 2019 o câncer na cárdia, órgão de transição entre o estômago e o esôfago, com metástase no fígado. Ao longo do período apareceram novos tumores no fígado e nos ossos.

Mais publicações

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Últimas publicações