Bandidos alugam apartamento para fazer arrastão em prédio de Sto.André

Ação aconteceu neste sábado em edifício, no Centro da cidade

 

Arrastão aconteceu neste sábado em edifício, no Centro da cidade. Foto: Reprodução/Google

 

Bandidos fizeram um arrastão em um edifício no Centro de Santo André, neste sábado (11/07). Os ladrões foram ousados e chegaram alugar um apartamento no mesmo prédio para facilitar a ação criminosa. O local foi usado como um escritório do crime.

Como um dos membros da quadrilha “morava” no condomínio, autorizou a entrada dos demais integrantes do bando. O falso locatário permitiu a entrada ao alegar que se tratava de uma equipe de pintores que iria trabalhar no apartamento.

A quadrilha roubou dinheiro e joias dos moradores, além de um carro que foi utilizado na fuga.

A investigação da Polícia envolve seis bandidos. O caso foi registrado no 1º Distrito Policial de Santo André.

De acordo com a Secretaria de Segurança do Estado, a Polícia Civil investiga roubos e furtos ocorridos neste condomínio que fica na Rua Bernardino de Campos

O sindico do prédio, de 66 anos, contou que três suspeitos entraram no local utilizando um veículo Hyundai IX35, apresentando um contrato de locação de um dos apartamentos. No apartamento, o sindico foi abordado pelos criminosos, que estavam armados. O grupo exigiu que o homem os levasse a outros imóveis do condomínio, onde foram cometidos os crimes.

“O grupo fugiu do local levando uma quantia em dinheiro, joias, celulares e um veículo Hyundai Creta. Foi solicitada perícia para o local dos fatos”, informou  a Secretaria.

Estratégia semelhante

Vários arrastões tem acontecido no ABCD nos últimos meses com estratégias semelhantes. No mês de junho, um edifício no bairro Santo Antonio, em São Caetano, também teve arrastão praticado por uma quadrilha de seis bandidos armados. A prática foi igual a de Santo André. Um dos integrantes do grupo havia alugado um apartamento. No dia do roubo, o criminoso chamou o porteiro no local, que foi rendido pelos assaltantes.

Ainda em junho, dois ladrões também invadiram um condomínio de luxo no bairro Jardim, em Santo André, para fazer arrastões, no entanto, o porteiro percebeu a ação criminosa e desligou a energia elétrica do local e um dos bandidos ficou preso no elevador e o outro conseguiu fugir.

O prédio onde mora o prefeito de São Bernardo, Orlando Morando, no bairro Chácara Inglesa também foi alvo de arrastões em setembro do ano passado. Um bandido também havia alugado um imóvel no condomínio para facilitar a ação dos comparsas no dia do crime.  Os bandidos também usaram documentos falsos para alugar o apartamento. O grupo roubou joias e dinheiro das famílias.