Bandido é morto por um PM ao tentar roubar comércio em Sto.André

Três criminosos entraram no estabelecimento comercial para praticar crime, mas foram surpreendidos por policial à paisana

 

Três criminosos entraram no estabelecimento comercial para praticar crime, mas foram surpreendidos por policial à paisana. Foto: Reprodução/Redes Sociais

 

 

Um bandido, de 18 anos, morreu após participar de um roubo a um mercado, por volta das 15h desta terça-feira (21/04), na rua José D’Angelo, na Vila Floresta, em Santo André.

A Polícia Militar foi acionada para a ocorrência e, no local, encontrou o jovem morto. Um policial militar que estava no comércio disse que três suspeitos entraram no estabelecimento anunciando um roubo, sendo que dois faziam menção de estarem armados.

Os criminosos revistaram as vítimas e um deles entrou em luta corporal com o PM, após identificar que ele era policial. O suspeito tentou tomar a arma do militar, que realizou a intervenção.

Um celular e uma faca foram apreendidos. Os outros dois suspeitos fugiram do local. Foram solicitados exames periciais ao IC (Instituto de Criminalística) e ao IML (Instituto Médico Legal), assim como carro de cadáver.

A ocorrência foi registrada no 1º DP de Santo André como roubo a estabelecimento comercial e morte decorrente de intervenção policial.

 

3 Comentários

  1. O jovem de 18 anos se encontrava numa situação tão extrema que se deparou com a necessidade de ter que assaltar um MERCADO pois a família do cidadão já não tinha nada para COMER e o desgraçado do carniceiro, cujo nome não está sendo divulgado, tira a vida desse jovem que estava implorando por ajuda. E os desgraçados fazem com que a real vítima, que na verdade é só mais uma vítima do sistema, não tenha justiça e seja vista ainda como um marginal e o descrevem como bandido. Que VERGONHA, é muita injustiça e falta de humanidade…

    • Meu Deus. Defendendo bandido??? Já achei absurdo o jornal o chamar de jovem…
      Quem sou eu pra julgar mas se ele tentou tirar a arma do policial, era sinal q ele iria matar o policial sabe lá mais quem.
      Sinto muito mas nao concordo com vc.. Eu sempre fui muito pobre muito mesmo a ponto de passar muita necessidade e nem por isso pensei em matar alguém pra roubar… Eu simplesmente pedia dias.melhores pra Deus e Ele me deu.

  2. Exatamente, minha família veio da roça e ninguém daqui nunca roubou ou matou alguém, não existe justificativa para isto, se tentou assaltar deveria estar com algum tipo de arma e se não obedeceu os policiais, com certeza boa pessoa não era.

Comments are closed.