18 de maio de 2022

Baep prende em S.Bernardo homem que estuprou enteada de 12 anos

Mais visitadas

 Criminoso de 32 anos era procurado pela Justiça pelo crime de abuso sexual e foi preso na rua Acarati, no Batistini

Baep prende em São Bernardo homem que estuprou enteada de 12 anos. Foto: Divulgação

 

O Baep (Batalhão de Ações Especiais da Polícia) prendeu na madrugada deste sábado (31/10) um homem que estuprou a enteada de 12 anos. O agressor tem 32 anos e era procurado da Justiça e não teve a identidade revelada. A ocorrência foi encaminhada ao 2º DP  (Distrito Policial) de São Bernardo. Havia um mandado de prisão expedido pela Justiça de Mauá, onde o estuprador cometeu o crime.

De acordo com a Polícia, durante patrulhamento pela cidade, uma equipe se deparou com o homem que estava em atitude suspeita na rua Acarati, no Batistini. Inicialmente nada de ilícito foi localizado, mas após consulta dos dados pessoais no sistema da Polícia foi constatado que a condição do homem era de procurado da Justiça, pelo crime de estupro, e foi imediatamente preso.

 Outros casos

Esse é o terceiro caso de estupradores presos em São Bernardo neste mês por estuprarem menores. Em 21 de outubro, a Polícia Militar conseguiu prender na Rua Paraná, no bairro Taboão, em São Bernardo, um homem que tem pena de 19 anos a cumprir na cadeia por conta de estupro de menor de 14 anos.

Policiais do 6º Batalhão da PM também prenderam em São Bernardo nesta quarta-feira (28/10) o pai que estuprou a filha adolescente, de 16 anos. A menina sofre de síndrome  de borderline, um transtorno de personalidade limítrofe, caracterizada pelas mudanças súbitas de humor, medo de ser abandonada pelos amigos e comportamentos impulsivos.

A prisão aconteceu na Rua João Zanon, onde aos policiais ainda aprenderam 2 kg de maconha, uma balança de precisão e R$ 5 mil em espécie.

 

 

Mais publicações

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Últimas publicações