29 de novembro de 2021

Avó mantém neto em cárcere privado e é detida em Diadema

Mais visitadas

Mulher de 63 anos também foi enquadrada em crime de maus-tratos contra animais

Avó mantinha neto em cárcere privado em residência totalmente desorganizada. Foto: Divulgação

Uma mulher, de 63 anos, foi detida por maus-tratos contra seu neto, de 14 anos, e também maus-tratos a animais, na manhã de terça-feira (06/04), por volta das 11h, na passagem Companheiro Edmundo, em Diadema.

O Conselho Tutelar e guardas municipais atenderam a uma ocorrência em que um adolescente estaria, supostamente, sendo mantido em cárcere privado. No endereço indicado, o jovem foi localizado.

Ele contou que sua avó não autorizava que ele saísse da casa desacompanhado dela, somente para emergências, mas que a mulher provia alimentação e um local para ele dormir. O menor informou que desejava deixar a residência.

Também foram encontradas quatro aves, sendo três Agapornis e um Papagaio-verdadeiro, seis Porquinhos da Índia e três cachorros sem raça definida. Os animais estavam em péssimas condições de higiene.

Mulher de 63 anos também foi enquadrada em crime de maus-tratos contra animais. Foto: Divulgação

 

Além disso, não contavam com alimentos, água, luz natural e ventilação. Os bichos estavam acomodados em locais menores do que seus tamanhos exigiam. Eles foram encaminhados ao Centro de Controle de Zoonoses da cidade para receberem os cuidados necessários.

Foi solicitada perícia ao Instituto de Criminalística (IC). O caso foi registrado como maus-tratos e praticar ato de abusos a animais pelo 2º Distrito Policial de Diadema e pela Delegacia de Investigações sobre Infrações contra o Meio Ambiente (DIICMA) da cidade.

Mais publicações

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Últimas publicações