25 de junho de 2021

Após toque de recolher, S.Bernardo anuncia mais restrições; Veja o que muda

Mais visitadas

A partir de segunda-feira, atividades comerciais passam a funcionar entre 6h e 21h e transporte coletivo será interrompido entre 22h e 4h como forma de conter a Covid

Prefeitura de São Bernardo amplia as medidas de restrição ao comércio e serviços e retoma o Toque de Recolher. Foto: Divulgação/PSBC-Ricardo Cassin

Após a evolução da ocupação de leitos hospitalares devido aos casos de Covid-19, a Prefeitura de São Bernardo editou novo decreto, nesta sexta-feira (28/05), que amplia as medidas de restrição ao comércio e serviços e retoma o Toque de Recolher no município, das 22 às 4h, com suspensão do transporte coletivo no período. As medidas cautelares visam a contenção da doença na cidade e passam a valer a partir da próxima segunda-feira (31/05).

Conforme o decreto nº 21.574, publicado no Notícias do Município, a chamada Fase de Transição do Plano São Paulo, determinada pelo Governo do Estado, fica estendida no território municipal até o dia 13 de junho de 2021. Dessa forma, as atividades econômicas, sociais e administrativas ficam autorizadas a funcionar entre as 6h e 21h, com capacidade de ocupação de até 40% do Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB) e manutenção de todas as medidas de prevenção ao Coronavírus, entre elas uso obrigatório de máscaras, aferição de temperatura e uso de álcool em gel.

No período do Toque de Recolher, estará autorizada apenas a circulação de pessoas que estejam a caminho de serviços de urgência e emergência, farmácias, hospitais veterinários, bem como trabalhadores da indústria, telecomunicações e segurança. Também poderão funcionar as atividades de serviços de limpeza pública, manutenção urbana e serviço funerário; delivery até às 24h; transporte privado de passageiros; transporte de carga e serviços públicos de infraestrutura prestados por concessionárias e hospedagem. Barreiras policiais serão feitas em pontos estratégicos pela Guarda Civil Municipal (GCM) para fiscalização, com apoio da Polícia Militar e da Polícia Civil.

Conforme explica o prefeito Orlando Morando, as medidas de restrição são necessárias neste momento. “Estamos em situação de alerta, acompanhando dia a dia a evolução dos casos, óbitos e internações por conta da Covid-19 em São Bernardo. Estamos nos antecipando e pedimos que a população e os comerciantes também tenham responsabilidade e colaborem. Precisamos dessa união para continuar preservando vidas, avançar com a campanha de vacinação, conforme formos recebendo doses dos governos Federal e Estadual, para vencer essa batalha contra o Coronavírus”, comenta.

ATIVIDADES NÃO PERMITIDAS

Entre as medidas de restrição adotadas para evitar a proliferação do vírus está a proibição de quaisquer atividades sociais ou esportivas que promovam a aglomeração de pessoas. Neste sentido, no período entre 31 de maio e 13 de junho de 2021, não será permitida a prática de esportes coletivos nas áreas públicas e privadas, inclusive em clubes sociais e esportivos, tais como futebol, voleibol, basquetebol e outros, bem como em escolas e cursos. Da mesma forma, vestiários e saunas, deverão ficar fechados e lutas de qualquer natureza e artes marciais, tais como judô, karatê, jiu-jitsu, tae-kwon-do, etc., deverão ser suspensas.

FISCALIZAÇÃO

O Departamento de Vigilância Sanitária do Município, a Secretaria de Serviços Urbanos, a Secretaria de Obras e Planejamento Estratégico, a Guarda Civil Municipal e as Polícias Civil e Militar irão intensificar as medidas de fiscalização durante este período de Fase de Transição, com autorização para – em ações conjuntas ou separadas – aplicarem multas e, se necessário, interditar de imediato os estabelecimentos infratores às normas estabelecidas.

Mais publicações

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Últimas publicações