Ao lado de 4 prefeitos do ABCD, Alckmin faz campanha e diz que chega ao 2° turno

Presidenciável afirma que não muda estratégia na reta final do turno; militantes carregavam faixas com os dizeres: “Nem PT, nem Bolsonaro, agora é Alckmin”

alckmin
Ao lado de prefeitos, Alckmin diz que em dez dias dá para virar o jogo e chegar no segundo turno. Foto: Divulgação/Helber Aggio

Ao lado de quatro prefeitos da região do ABCD, o presidenciável Geraldo Alckmin fez campanha nesta quarta-feira (26/09), em Santo André. O candidato fez caminhada na rua Oliveira Lima, principal centro comercial da cidade, e disse que há tempo de chegar no segundo turno, apesar de ocupar a quarta colocação nas pesquisas eleitorais, com 8% das intenções de voto.

“Vai dar tempo sim. A eleição é nesses próximos dez dias. Está todo mundo animado, o Brasil inteiro fazendo campanha. Temos dez dias para chegar ao segundo turno”, disse o tucano.

Alckmin está atrás nas pesquisas de Jair Bolsonaro (PSL), Fernando Haddad (PT) e Ciro Gomes (PDT). Os militantes que acompanharam ex-governador de São Paulo nesta atividade levavam faixas com os os seguintes dizeres: “Nem PT, Nem Bolsonaro, agora é Alckmin”.

Ao ser questionado se pretende mudar a estratégia da campanha na reta final do primeiro turno, Alckmin disse que não. “Vamos dizer que o PT não pode voltar. E para o PT não voltar, não pode ir o Bolsonaro (para o segundo turno)”.

alckmin
Faixas de militantes tucanos tinham os seguintes dizeres: Nem PT, nem Bolsonaro, agora é Alckmin. Foto: Gislayne Jacinto

Prefeitos

Alckmin contou com o apoio de quatro prefeitos da regão. Participaram da agenda os prefeitos tucanos Paulo Serra, de Santo André, Orlando Morando, de São Bernardo e José Auricchio Júnior, de São Caetano, além de Atila Jacomussi (PSB), de Mauá. O senador José Serra também participou da atividade.

O prefeito Paulo Serra disse que a atividade desta quarta serviu como uma “injeção de ânimo” para o candidato que mal conseguia se locomover na rua devido ao grande número de pessoas que participaram da caminhada. “Esta quarta feira marca a virada”, completou.

Orlando Morando afirmou que não se pode “brincar” em eleição e que ao escolher os candidatos que se apresentam atualmente à frente nas pesquisas seira um risco institucional” para o País. “Vamos fazer a onda crescer, virar o jogo. Tem muita bola para rolar ainda”, afirmou o prefeito de São Bernardo.

Propostas

O candidato a presidente disse que uma das sua principais propostas de seu plano de governo para segurança pública será combater o tráfico de drogas e armas com monitoramento inteligente das fronteiras, endurecer a Lei de Execuções Penais para dificultar as saídas temporárias e criar uma guarda nacional permanente, com efetivo de 5 mil homens, para ajudar os Estados com os piores índices de criminalidade.

O tucano afirmou que os índices de criminalidade de São Paulo mostram queda e destacou que, em agosto, alcançou a menor taxa de homicídios da série histórica (7,4 por 100 mil habitantes) para o mês. “O que nós fizemos em SP vamos fazer pelo Brasil: salvar vidas, evitar que famílias sejam desfeitas”, afirmou.

O presidenciável ainda afirmou que pretende priorizar a parceria com os municípios. “Toda cidade tem um bairro que é mais crítico. É preciso fortalecer, nesses locais, as ações preventivas, com urbanização, melhor iluminação e políticas públicas sociais, de educação, esporte e cultura. Vamos descentralizar, ser parceiros das prefeituras até na questão da segurança”.

alckmin
Candidato fez caminha ao lado de militantes e prefeitos na rua Oliveira Lima. Foto: Divulgação

1 Comentário

Comments are closed.