Anitta é diagnosticada com endometriose e fará cirurgia

Mais visitadas

Cantora relatou sofrer por mais de 9 anos com sintomas da doença

Cantora Anitta
Anitta é diagnosticada com endometriose e fará cirurgia. Foto: Divulgação

A cantora Anitta usou suas redes sociais para dizer que passará por um procedimento cirúrgico após ser diagnosticada com endometriose. A artista não revelou a data do procedimento, porém disse que já marcou a cirurgia.

Anitta descobriu a doença durante o período em que o pai ficou internado por conta de um AVC, e que também após ser internado descobriu um câncer de pulmão.

O que é endometriose?

Endometriose é uma afecção (uma modificação no funcionamento normal do organismo) inflamatória provocada por células do endométrio que, em vez de serem expelidas, migram no sentido oposto e caem nos ovários ou na cavidade abdominal, onde voltam a multiplicar-se e a sangrar.

Sintomas da endometriose

A endometriose pode ser assintomática. Quando os sintomas aparecem, merecem destaque:

Cólica menstrual (dismenorreia) que, com a evolução da doença, aumenta de intensidade e pode incapacitar as mulheres de exercerem suas atividades habituais;

Dispareunia: Dor durante as relações sexuais;

Dor e sangramento intestinais e urinários durante a menstruação;

Infertilidade.

Diagnóstico de endometriose

Diante da suspeita, o exame ginecológico clínico é o primeiro passo para o diagnóstico, que pode ser confirmado pelos seguintes exames laboratoriais e de imagem: visualização das lesões por laparoscopia, ultrassom endovaginal, ressonância magnética e um exame de sangue chamado marcador tumoral CA-125, que se altera nos casos mais avançados da doença. O diagnóstico de certeza, porém, depende de uma biópsia.

Tratamento da endometriose

A endometriose é uma doença crônica que regride espontaneamente com a menopausa, em razão da queda na produção dos hormônios femininos.

Mulheres mais jovens podem valer-se de medicamentos que suspendem a menstruação: a pílula anticoncepcional tomada sem intervalos e os análogos do GnRH. O inconveniente é que estes últimos podem provocar efeitos colaterais adversos.

Lesões maiores de endometriose, em geral, devem ser retiradas cirurgicamente. Quando a mulher já teve os filhos que desejava, a remoção dos ovários e do útero pode ser uma alternativa de tratamento.

Relato de Anitta sobre a doença:

“Pois bem galera… fui ficar com meu pai no hospital aquela vez. Comentei com minha querida amiga anja Dra que comanda tudo lá, que eu tava em tempo de morrer de dor. Ela fez meu milionésimo exame e pela milionésima vez… Não tem bactéria. Nunca teve em nenhum dos exames. A doutora (enviada pelo meu anjo da guarda só pode), fez na mesma hora uma ressonância em mim e estava lá. Endometriose. No dia seguinte, ela me levou em um especialista em endometriose. Fizemos os outros exames necessários pra ter certeza e aí está”.

“Nove anos dessa novela e eu já tentei de tudo que todos os tipos de médicos já falaram. Todas as dicas, conselhos, técnicas que os médicos deram ou do Google também já tentei. E nada (e 9 anos deu foi tempo de eu tentar solução, hein?) porém nunca me pediram uma ressonância. Nenhuma matéria, artigo, site etc cogita a cistite de repetição como um possível sintoma de endometriose”.

“Enfim… minha cirurgia tá marcada e aqui fica meu apelo por mais informações para as mulheres. Mais acesso, mais interesse geral em cuidar do corpo feminino para que a gente possa ser livre e conseguir se cuidar.”

* Informações sobre a doença foram retiradas do site de Drauzio Varella

Mais publicações

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Últimas publicações