Alesp aprova empréstimo para construção do Piscinão do Jaboticabal

Reservatório que é discutido há quase 10 anos será construído nas divisas de São Bernardo, São Caetano e São Paulo

Alesp aprova empréstimo para a construção do piscinão Jaboticabal na divida se SP, São Caetano e São Bernardo. Foto: Reprodução

 

A construção do Piscinão do Jabotical está cada vez mais perto de sair do papel. Isso porque a Assembleia Legislativa de São Paulo aprovou na noite de terça-feira (15/10), o projeto de lei 836/2019, que autoriza o Governo do Estado a contratar empréstimo de R$ 300 milhões para viabilização da obra, que beneficiará a região do ABCD, principalmente São Caetano e São Bernardo, que sofrem com problemas de enchentes.

Foram 57 votos favoráveis, 17 contrários e uma abstenção. O texto aprovado em plenário agora segue para a sanção do governador João Doria (PSDB).
“É um projeto aguardado com muito entusiasmo pois vai contribuir diretamente com o combate das enchentes no Grande ABC. Mais uma vez, o governador Doria mostra compromisso e respeito com a nossa região. É uma questão que precisamos resolver o mais rápido possível com muita seriedade e respeito”, disse o deputado estadual Thiago Auricchio.

O reservatório que será construído, nas divisas de São Bernardo, São Caetano e São Paulo, é discutido há quase 10 anos na região e apontado como uma das principais medidas para conter os impactos causados pelas chuvas no Grande ABC. A obra deverá evitar as cheias dos córregos do Jaboticabal, Ribeirão dos Couros e dos Meninos.

“Vamos trabalhar junto ao Governo do Estado para que o piscinão se torne realidade. Não podemos mais ficar prorrogando a construção de um equipamento tão necessário para o bem-estar da população”, completou Thiago Auricchio.

O valor do crédito será junto à Caixa Econômica Federal. A contratação de crédito terá garantia da União e estará sob a responsabilidade do Departamento de Águas e Energia Elétrica (DAEE). Os estudos para os empréstimos foram feitos por meio da Secretaria Estadual da Fazenda e Planejamento.

“Esse é mais um passo para tirar essa importante obra do papel. O projeto foi retomado graças ao diálogo dos prefeitos, que aturam juntos com o governador João Doria. É um empreendimento que beneficia diretamente o Grande ABC, traz soluções imediatas no combate às enchentes e tem potencial para salvar vidas”, afirmou o presidente do Consórcio ABC e prefeito de Santo André, Paulo Serra.