25 de junho de 2021

Ailton Lima deixa o PSB para refletir sobre movimentações políticas

Mais visitadas

Ex-vereador e ex-candidato a prefeito quer se dedicar mais à empresa e à família antes de tomar qualquer decisão sobre seu futuro

Ailton Lima se filiou ao PSB em setembro de 2019, com a ficha abonada pelo ex-governador Márcio França. Foto: Divulgação

Ailton Lima, ex-vereador e ex-candidato a prefeito de Santo André, se desfiliou do PSB em carta enviada ao diretório estadual nesta quarta-feira (26/05). Ailton também fez um vídeo para comunicar o desligamento da legenda. Ele agradeceu ao deputado estadual Caio França e ao ex-governador Márcio França, políticos que comando a legenda, por ter aberto as portas do partido para ele disputar o pleito no ano passado.

“Venho respeitosamente requerer a minha desfiliação deste partido em caráter irrevogável e irretratável, o que faço por motivos de ordem pessoal”, disse Ailton na carta enviada à Executiva estadual.

Ailton era presidente do PSB em Santo André e abriu mão, segundo ele, “para dar um tempo” e refletir sobre política. Ele disse discordar da “guerra” política no País. “Essa divisão entre esquerda e direita não me agrada e quero fazer uma reflexão sobre a posição de cada partido. Essa divisão de credo, raça e ideologias tem gerado um acirramento que não me agrada”, afirmou.

O ex-vereador acrescentou já ter recebido convite de outras siglas, mas no momento ficará sem partido e dedicará mais tempo à sua Gráfica e a sua família. “Venho de três eleições seguidas e, neste momento, quero ver somente de longe as movimentações políticas antes de tomar qualquer decisão”.

Ao ser indagado se a aproximação dos vereadores do PSB com o governo do prefeito Paulo Serra (PSDB) motivou seu pedido de desfiliação, o ex-prefeituável respondeu que não. “Tem vereador que não consegue tocar o mandato se não estiver na base do governo, porque seus eleitores cobram soluções. Eu respeito o pensamento de cada um”, afirmou.

O deputado estadual Caio França visitou recentemente o prefeito de Santo André e sinalizou na época uma aproximação. A reunião foi no gabinete de Paulo Serra e contou com a participação dos vereadores Carlos Ferreira (PSB) e Toninho Caiçara (PSB), eleitos na chapa majoritária encabeçada por Ailton Lima.

O ex-prefeiturável ficou em quarto lugar na eleição de 15 de novembro ao obter 17.636 votos, quantidade bem inferior a 2016 quando recebeu nas urnas 50 mil votos.

Mais publicações

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Últimas publicações