Adria de São Caetano descarta reintegração de 106 funcionários demitidos

 Sindicato havia protocolado ofício dando prazo de até três dias para uma resposta que venceria nesta sexta-feira

Sindicato havia dado um prazo de três para a empresa reintegrar os funcionários demitidos. Foto: Divulgação

A empresa Adria de São Caetano descartou a reintegração dos 106 funcionários demitidos em 7 de junho. Em uma reunião que durou até as 19h desta quinta-feira (13/06), representantes da empresa e do Sindeeia (Sindicato dos Empregados em Empresas de Industrialização Alimentícia de São Paulo e Região) não chegaram a um acordo. A entidade sindical havia protocolocado ofício em que pedia a volta dos trabalhahores e dava um prazo de até três dias para uma resposta, que venceu nesta sexta-feira (14/06). 

A entidade sindical já comunicou os demitidos que a Adria justificou estar agindo dentro da lei e que pagará todas as indenizações, além de preparar um pacote de benefícios.

O Sindeeia convocou uma reunião para esta segunda-feira (17/06) para discutir com os trabalhadores uma pauta de reivindicações.

A empresa Adria informou que passa por “um processo de reestruturação da área de Logística, que tem como objetivo a busca de maior eficiência, redução de custos, revisão de processos internos e mudança na estrutura organizacional, considerando o desafiador cenário econômico brasileiro”.