15 de junho de 2021

Adolescente morre afogado ao tentar atravessar represa em São Bernardo

Mais visitadas

Jovem não sabia nadar e copo foi localizado a oito metros de profundidade

 

Jovem não sabia nadar e copo foi localizado pelos Bombeiros a oito metros de profundidade. Foto: Divulgação

O adolescente Matheus Siqueira de Jesus, de 17 anos, morreu afogado nesta sexta-feira (02/09) na Represa Billings. De acordo com o Corpo de Bombeiros, o jovem tentou atravessar no local, na altura da Estrada da Pedra Branca, no Montanhão, em São Bernardo.

O garoto estava usando como boais garrafas PET, mas em determinado momento elas escaparam de seus braços e ele se afogou porque não sabia nadar.

Os bombeiros foram acionados e depois de 12 minutos procurando pelo adolescente, o corpo foi localizado em um lugar com oito metros de profundidade.

 Em 2020, oito pessoas já morreram afogadas, sendo duas delas no último feriado de 7 de setembro, quando um homem foi ao óbito no Riacho Grande, após tentar salvar a sobrinha, e uma adolescente, de 16 anos, se afogou na represa Billings, no Jardim Riviera. A jovem foi resgatada e levada para o Hospital Mário Covas, mas morreu por conta de uma parada cardiorrespiratória.

No dia 27 de setembro, um homem, de 41 anos, foi encontrado morto na Represa Billings, na Rua Rio Amazonas, em Santo André. Equipes da PM e do Corpo de Bombeiros foram acionadas para ocorrência de afogamento. Após buscas, os militares encontraram o corpo da vítima e realizaram a retirada. Testemunhas informaram que o homem havia entrado na represa para se banhar e não retornou.

Em Ribeirão Pires, outras duas pessoas morreram afogadas: um garoto de 14 anos faleceu em fevereiro, e um homem, de 39 anos, morreu em junho.

Em 14 de março, dois jovem morreram afogados na Represa Billings, em São Bernardo. De acordo com o Corpo de Bombeiros, os dois também não sabiam nadar.

No ano passado, também foram registrados muitos casos de mortes por afogamento na Região do ABCD, um total de 30 óbitos. Desse montante, 25 vítimas foram retiradas da água sem vida. Em 2018 o número foi ainda maior: 35.

 

Mais publicações

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Últimas publicações